Carolina De Andréa ,1.5.
Vai menina, fecha os olhos. Solta os cabelos. Joga a vida como quem não tem o que perder. Como quem não aposta. Como quem brinca. Vai, esquece do mundo. Molha os pés na poça. Mergulha no que te dá vontade que a vida não espera por você. Abraça o que te faz sorrir.
Sonha que é de graça.

“Não interessa quem somos ou quem vamos nos tornar. O que vale é o que carregamos dentro de nós.”

Clarissa Corrêa (via epdemic)

10186 NOTES / reblog / permalink